Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Natal solidário

por anaplisboa, em 16.11.10

 

 

 

O Natal aproxima-se a passos largos, pelo que me parece oportuno dizer alguma coisa acerca deste dia.

Natal! Tempo de esperança: associamos sempre a esta data festiva todos aqueles filmes clássicos que enchem a nossa imaginação enquanto crianças em que o bem vence finalmente o mal, onde tudo são sonhos de algodão doce, risos rasgados nas faces das crianças, gritos de alegria, olhos lacrimejantes de fantasia. Pudicícias de amor, troca gratuita de afetos, gratuitidade no ar. Um paraíso feito realidade.

Mas acordamos sempre deste etéreo horizonte e temos o Natal transformado num mercantilismo. Tudo serve para vender, tudo serve para comprar. É o natal reduzido a isto, vender e lucros para uns, convertido no dinheiro que se ganha, alegria para outros, convertida no ter que se compra.

Então onde está a alegria da partilha! Em passeios ás catedrais de consumo?»

No esquecimento daqueles para quem o Natal foi sonhado, daqueles que não tem Natal, daqueles que olham para a transparência das suas mãos vazias, daqueles a quem é proibido desejar pois sabem que não terão, daqueles que se ficam a ver as montras coloridas, as luzes do néon a piscarem na íris dos seus olhos e as barrigas a reclamarem comida e os pés a reclamarem uns sapatos quentes e a sua alma a reclamar um pouco de felicidade.

Neste dia a dia de um verdadeiro corre-corre medonho, poucos são os momentos que podemos ou queremos despender ao convívio e pensar nisto e também que o homem, enquanto ser aculturado, necessita destes pequenos prazeres para viver e ser feliz, onde a beleza nostálgica do Natal faz renascer a esperança no Messias que vem salvar o mundo ( para os crentes ), ou faz reavivar a esperança de excelência progressiva da natureza humana (para os não crentes).

O Natal é uma época de esperança, de fé, de partilha e de solidariedade. Esperamos que, apesar de todas as dificuldades, todos possamos neste Natal, ter uma consoada cheia de calor humano. Natal solidário, sim, mas natal todos os dias, porque todos os dias o outro, o pobre, precisa de comer, vestir, de estar acompanhado, de ter qualidade de vida, de ser feliz.

Autor Mendes Correia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:23



Mais sobre mim

foto do autor


Relógio




Calendário


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

calendário

Novembro 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Links

Militares Mortos de 1954 a 1975

COMETLIS - PSP

Estatuto da ANAP-PSP

Regulamento do Estatuto da ANAP-PSP

Terceira Idade

ANAP-Lisboa

COMETLIS-PSP-SEDE

COMETLIS-PSP

Marcar Consulta Pela Internet

MAI - ARMAS

2.ª DIV-COMETLIS

ADAPPSP-V. Castelo

ADAP.Aposentados PSP-Viana do Castelo

DN-ANAP-Coimbra

PSP

MAI

Portal da Saúde - Informações

Portal da Saúde

Portal do Cidadão

Portal das Finanças

Telefones Úteis em Portugal

ADSE

Contactos Úteis

DRE

Finanças-Impostos

Caldas da Rainha

C. M.

CI PSP

GNR

P. J.

Contador Social

Comandos da PSP

Biblioteca Digital Mundial

TERTÚLIA DA ANAP

ANAP-Terceira-Açores

ANAP-Açores

SS-PSP

Armas e Munições - PSP Leiria

Segurança Social

Apoio a Idosos

IPA-Portugusesa

Aposentados e Reformados

Polícia Municipal de Lisboa

Câmara Municipal de Lisboa


Slideshow




Horas noutras cidades